• Pe. Rudinei Zorzo – Interino na Comunicação da

Bispos gaúchos elegem a nova presidência do Regional Sul 3 da CNBB


Dom José Gislon, dom Rodolfo Weber e dom Adilson Busin compõem a nova gestão à frente da Igreja Católica no RS

O Regional Sul 3 da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), que reúne as 18 dioceses do Rio Grande do Sul, elegeu, na tarde desta quinta-feira, 09 de maio, a nova presidência. Os bispos gaúchos escolheram como presidente o bispo de Erexim, dom José Gislon. O arcebispo de Passo Fundo, dom Rodolfo Luís Weber foi eleito vice-presidente, sendo que o secretário será o auxiliar de Porto Alegre, dom Adilson Pedro Busin. A escolha aconteceu durante a 57ª Assembleia Geral da CNBB, em Aparecida (SP).

Dom Frei José Gislon é religioso da Ordem dos Frades Menores e nasceu em 23 de fevereiro de 1957, no município de Dona Emma, em Santa Catarina. Foi ordenado sacerdote em 28 de maio de 1988, em Uraí, PR. Fez o Curso de História da Igreja – Mestrado, na Universidade Gregoriana de Roma, de outubro de 1992 a janeiro de 1996. Nomeado Bispo da Diocese de Erexim, pelo Papa Bento XVI, no dia 06 de junho de 2012. No quadriênio 2015-2019 foi vice-presidente do Regional Sul 3.

O vice-presidente, dom Rodolfo Luís Weber nasceu em Bom Princípio aos 30 de agosto de 1963. No dia 05 de janeiro de 1991 foi ordenado sacerdote em sua terra natal. Ele foi nomeado bispo da Prelazia de Cristalândia, no Tocantins em 25 de fevereiro de 2009 foi nomeado bispo da Prelazia de Cristalândia no Tocantins e em 02 de dezembro de 2015, foi nomeado arcebispo de Passo Fundo, sendo empossado em 24 de janeiro de 2016.

Já dom Adilson Pedro Busin é religioso da congregação dos Carlistas Scalabrinianos. Nascido no município gaúcho de Sarandi, em 20 de maio de 1965, foi ordenado padre em 09 de janeiro de 1993. Em 2016, foi nomeado pelo papa Francisco como bispo auxiliar da arquidiocese de Porto Alegre, sendo que sua ordenação episcopal aconteceu em 30 de abril daquele ano.

Dom Gislon sucede o acerbispo de Porto Alegre dom Jaime Spengler, até então presidente, e eleito como 1º vice-presidente da CNBB em âmbito nacional. Weber substitui o bispo de Erexim, agora conduzido à presidência, e Busin desempenhará as funções do bispo de Novo Hamburgo, dom Zeno Hastenteufel desde o ano passado, e que antes eram de dom Remídio Bohn, falecido em 2018, que à época atuava em Cachoeira do Sul.


15 visualizações
  • Facebook ícone social
  • Instagram
  • YouTube