• Arquidiocese de Pelotas

43ª Romaria da Terra será realizada em Mormaço


Está quase tudo pronto para receber a todos os romeiros, no dia 25 de fevereiro, em Mormaço, para a 43ª Romaria da Terra que, neste ano, traz o tema: “O bem viver no campo e na cidade” e lema “Dá-me de beber” (Jo 4,7). A caminhada terá como ponto de partida a Comunidade São José dos Prólos, em direção ao Parque Municipal, num percurso de 2,7 km. A programação do evento, que espera reunir romeiros de todos os cantos do Rio Grande do Sul, já está definida, bem como as atividades do dia. Dentre estas atividades, estarão disponíveis aos participantes diversas oficinas e workshops, envolvendo o tema central do evento. As oficinas oferecidas, são: Agroecologia e sementes crioulas; Fitoterapia; Hortas urbanas; Juventude; Produção de fraldas; Acompanhamento nutricional da Pastoral da Criança; Reciclagem; Documento 101 da CNBB – Questão Agrária; Laudato Si e Educação no campo.

PROGRAMAÇÃO DA 43ª ROMARIA DA TERRA 6h - Mística de acolhida (oração) para as pessoas que vão trabalhar no evento; 6h15min - Acolhida das caravanas na comunidade São José e São João com distribuição de folhas de canto, numeração dos ônibus e orientações aos romeiros e romeiras; 7h - Chegada na comunidade São João dos Prólos com café da manhã organizado pelas comunidades da Paróquia Nossa Senhora dos Navegantes e Diocese Cruz Alta; 8h - Animação e acolhida dos romeiros e romeiras com cantos e orações; fala de boas-vindas e Memória das Romarias da Terra; 8h40min - Celebração de Abertura 9 h - Caminhada com intervenções no caminho sobre “O bem Viver no campo e na cidade”; 1ª Parada – criação de Deus, 2ª Parada – cenário de destruição, 3ª Parada – reconstrução do Bem Viver, 4ª Parada – ideal do Bem Viver, 11h - chegada ao parque municipal com a celebração eucarística; 12h - bênção e partilha dos alimentos; 12h15min - momento cultural com artistas populares; 13h - oficinas temáticas sobre o Bem Viver no Campo e na Cidade; 14h - partilha das oficinas; 15h - celebração de envio, anúncio da próxima romaria; 16h - envio dos romeiros e romeiras com bênção final.

Objetivos e Sentido da Realização das Romarias da Terra

A realização da Romaria da Terra é um dos compromissos comuns permanentes das 18 Dioceses do Rio Grande do Sul, que integram o Regional Sul 3 da CNBB e acontece desde 1978. Ela acontece todos os anos, na terça-feira de carnaval, em que milhares de romeiros e romeiras vindos de diferentes lugares se encontram para relembrar e celebrar os mártires da terra que tombaram defendendo a vida do povo empobrecido. Com Sepé Tiaraju, motivador das romarias, defensor dos povos indígenas, busca-se lembrar que esse dia será um momento de restabelecer as forças na luta por justiça e igualdade.

Por: Greice Pozzatto Assessora de Comunicação Diocese de Cruz Alta Equipe de Comunicação da 43ª Romaria da Terra

0 visualização
  • Facebook ícone social
  • Instagram
  • YouTube