• Arquidiocese de Pelotas

Nota sobre a reabertura dos Templos e Celebrações Públicas



NOTA DA ARQUIDIOCESE DE PELOTAS

- SOBRE A PREVENÇÃO AO CORONAVÍRUS (COVID-19), -

SOBRE A ABERTURA DAS “IGREJAS” (TEMPLOS) E CELEBRAÇÕES PÚBLICAS DA SANTA MISSA.


“A vida é dom e compromisso”: é o apelo da Campanha da Fraternidade 2020. Cuidar da vida humana, neste momento da pandemia, é o que mais somos chamados a realizar. Cuidar da vida humana é amor concreto a Deus, a si mesmo e aos irmãos/irmãs.


Seguindo as atuais indicações das autoridades sanitárias e obedecendo as normas emanadas das autoridades do bem público, orientamos que:


1º Podemos abrir as “Igrejas” (templos), horários específicos, para a oração pessoal dos fiéis;


2º Podemos retomar a celebração pública da Santa Missa:

a) Seguindo as normas estaduais e de cada município da Arquidiocese, especialmente em relação ao número de fiéis nas celebrações;

b) Observando o distanciamento de 2 metros entre os fiéis;

c) Exigindo o uso obrigatório da máscara por parte de todos os participantes;

d) Garantindo o uso de álcool em gel/70%;


3º Devemos higienizar os espaços usados antes e após cada celebração e proporcionar a ventilação dos mesmos;


4º Devemos exortar as pessoas de risco que participem das celebrações eucarísticas transmitidas pelos meios de comunicação sociais e virtuais (pelo Cân. 87 § 1 do Código de Direito Canônico estão dispensados pelo Pastor do cumprimento da participação presencial);


5º Devemos observar nas celebrações eucarísticas, especificamente em relação ao momento da distribuição da Comunhão:

a) Após a comunhão do ministro, ele coloque a máscara (se já não está usando), higienize as mãos, destampe a âmbula e somente ele distribua a Comunhão (portanto, caso houver concelebrantes, apenas um faça todo procedimento);

b) Os fiéis aproximem-se ordenada e espaçadamente do ministro que está distribuindo a Comunhão e recebam-a exclusivamente na mão;


6º Devemos assegurar um espaço especial nas nossas “Igrejas” (templos) para receber donativos, especialmente alimentos, aos irmãos/irmãs necessitados.


Essas Orientações entram em vigor no final de semana da Festa da Trindade, dias 06 e 07 de junho, e sejam elas cumpridas de forma irrestrita (quando necessitar novas, haverá uma outra Nota).


Dom Jacinto Bergmann, Arcebispo Metropolitano de Pelotas.

0 visualização
  • Facebook ícone social
  • Instagram
  • YouTube