• Arquidiocese de Pelotas

NOVAS DETERMINAÇÕES PARA A CELEBRAÇÃO DA ROMARIA




DETERMINAÇÃO

EM RELAÇÃO ÀS CELEBRAÇÕES

DA 35ª ROMARIA DE NOSSA SENHORA DE GUADALUPE



Diante da agravada situação da pandemia da COVID19 em nosso meio:

a) No Município de Pelotas, o Poder Público decretou normas restritivas mais rígidas, e, nelas também, estão incluídas normas em relação à circulação de fiéis para a participação das celebrações e a aglomeração deles nas mesmas;

b) Nos outros Municípios, algumas normas restritivas mais rígidas também estão sendo decretadas, com mais ou menos implicações em relação à circulação e aglomeração de fiéis nas celebrações.


Por isso, em sintonia com as normas emanadas, segue nossa Orientação em relação às Celebrações da 35ª Romaria de Nossa Senhora de Guadalupe:

a) No município de Pelotas, neste próximo final de semana (12-13/12), de modo especial no sábado, quando estavam planejadas as celebrações da 35ª Romaria de Nossa Senhora de Guadalupe com a presença de fiéis, orientamos que as Celebrações Eucarísticas sejam feitas apenas com a presença do celebrante e seus auxiliares necessários e sejam transmitidas pelos meios virtuais das paróquias.

Como o Santuário Nossa Senhora de Guadalupe se encontra na área geográfica do Município, a Celebração Eucarística, prevista para às 15 horas, será celebrada com a minha presença como celebrante e os auxiliares necessários, e será transmitida pelo Facebook da Arquidiocese e pela Rádio Universidade.

b) Nos demais Municípios, os Párocos com seus Conselhos Pastorais Paroquiais devem adaptar-se às normas emanadas pelos respectivos poderes públicos municipais: onde normas se assemelham às do Município de Pelotas, a orientação própria de Pelotas serve de parâmetro; onde as normas não estão tão rígidas, a determinação seja de acordo com as mesmas.


Mesmo com as restrições necessárias, não deixemos de viver intensamente a nossa 35ª Romaria de Nossa Senhora de Guadalupe. Coloquemos no coração e nos braços da Mãe de Guadalupe o nosso pedido filial pelo alívio desta situação pandêmica em que estamos vivendo.


Com minha bênção episcopal,



Dom Jacinto Bergmann,

Arcebispo Metropolitano.

422 visualizações
  • Facebook ícone social
  • Instagram
  • YouTube