Nossa Senhora dos Navegantes

February 1, 2018

    Neste 2 de fevereiro celebra-se no Brasil, com destaque para o RS, a festa de Nossa
Senhora dos Navegantes. Navegantes é a maior festa religiosa da cidade de Porto Alegre, e homenageia a Senhora dos Navegantes, a mãe de Jesus, que no sincretismo afro-brasileiro é a mãe das águas. Originalmente constava de uma procissão fluvial, com embarcações singrando pelo lago Guaíba, levando a imagem da santa do centro da cidade até a Igreja de Navegantes.
Hoje, por determinação impeditiva da Capitania dos Portos, a procissão é terrestre. Na vizinha S. José do Norte, N. Sra. dos Navegantes é celebrada com grande esplendor. A tradição desta festa é uma herança portuguesa, trazida pelas famílias açorianas. Os navegadores portugueses pediam proteção a Nossa Senhora para retornarem sãos e salvos a seus lares. Maria era vista como protetora das tempestades e demais perigos do mar e dos rios.

 

    Em Pelotas, a imagem de Nossa Senhora dos Navegantes chega em procissão fluvial
pelo Canal de S. Gonçalo até o cais do porto, onde é recebida com fogos e onde se celebra um missa festiva. No bairro de Navegantes, um barco com a imagem da santa, colocada em cima de um caminhão, percorre as ruas do bairro, acompanhada de muito povo, fazendo paradas diante de casas que pedem uma bênção especial para moradores idosos ou enfermos.
Também nossos irmãos de tradição umbanda e candomblé, acompanham a procissão da santa, identificada com Iemanjá, um orixá dos Egbá, uma nação iorubá, a rainha do mar.

 

    No calendário católico comemoramos a apresentação do Senhor Jesus no Templo por Maria e José, assim como a festa de N. S. da Candelária ou N. S. da Luz, celebrada com procissão luminosa e a Eucaristia. Todos trazem nas mãos as velas apagadas, que acendem quando se canta a antífona: “Meus olhos viram a salvação que preparastes ante a face das nações, uma luz que brilhará para os gentios e para a glória de Israel, vosso povo” (Lc 2, 30-32).
É a exaltação de Jesus, nosso Salvador, que foi levado ao templo e apresentado a Deus Pai por Maria. É um convite a também nós nos apresentarmos a Jesus, prontos a ouvir sua palavra e a fazer o que ele nos mandar. Assim estaremos cumprindo o que Maria, mãe de Jesus, pediu aos serventes nas Bodas de Caná: “Fazei tudo o que ele vos disser” (Jo 2,5).

 

    Pense nisso, enquanto nos alegramos com nosso povo na Festa de Navegantes e nos unimos aos religiosos, consagrados/as, que nesse dia também renovam sua entrega generosa ao Senhor.

 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

Compromisso da 34ª Romaria de N. Sra. de Guadalupe

November 4, 2019

1/10
Please reload

Posts Recentes

October 31, 2019