O Sacramento do Batismo.

July 4, 2018

O Santo Batismo é o fundamento de toda a vida cristã, a porta da vida no Espírito, a porta que dá acesso aos demais sacramentos. Pelo Batismo, somos libertados do pecado e regenerados como filhos de Deus, nos tornamos membros de Cristo; somos incorporados à Igreja e feitos participantes de sua missão: "o Batismo é o sacramento da regeneração mediante a água e a palavra"( Concílio de Florença).

Batizar (em grego:baptizem) significa "mergulhar", "imergir". O "mergulho" na água simboliza o sepultamento do catecúmeno na morte de Cristo, da qual com Ele ressuscita como "nova criatura" (Gl 6,15).

Este sacramento é também denominado "o banho da regeneração e renovação do Espírito Santo"(Tt 3,5), pois ele significa e realiza este nascimento, a partir da água e do Espírito, sem o qual ninguém "poderá entrar no Reino de Deus"(Jo 3,5).

São Gregório Nazianzo no Oratio 40, 3-4 nos diz: "O Batismo é o mais belo e o mais magnífico dom de Deus. (...) Chamamo-lo de dom , graça, unção, iluminação, veste de incorruptibilidade, banho de regeneração, selo e de tudo o que há e existe de mais precioso. Dom, porque é conferido àqueles que nada trazem; graça, porque é dado até a culpados; batismo, porque o pecado é sepultado na água; unção, porque é sagrado e régio(tais são os que são ungidos); iluminação, porque é luz resplandecente; veste, porque cobre nossa vergonha; banho, porque lava; selo, porque nos guarda e é o sinal do senhorio de Deus".

A Igreja viu, na arca de Noé, uma prefiguração da salvação pelo Batismo. Por ela, com efeito, "poucas pessoas - oito - foram salvas, por meio da água"(1Pd 3,20): "nas próprias águas do dilúvio, prefigurastes o nascimento da nova humanidade, de modo que a mesma água sepultasse os vícios e fizesse nascer a santidade"(Vigília Pascal, Benção da água).

Se a água de fonte  simboliza a vida, a água do mar é um símbolo da morte, razão pela qual o mar podia prefigurar o mistério da cruz. Por este simbolismo, o Batismo significa a comunhão com a morte de Cristo.

É sobretudo a travessia do Mar Vermelho, verdadeira libertação de Israel da escravidão do Egito, que anuncia a libertação operada pelo Batismo: "concedestes aos filhos de Abraão atravessar o Mar Vermelho a pé enxuto, para que, livres da escravidão, prefigurassem o povo nascido na água do Batismo"(Vigília Pascal, Benção da água).

Por fim, o Batismo é prefigurado na travessia do Jordão, pela qual o povo de Deus recebe o dom da terra prometida à descendência de Abraão, imagem da vida eterna. A promessa desta herança bem-aventurada realiza-se na Nova Aliança.

 

+Pe. Jaime Souto

 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

Campanha 10 Milhões de Estrelas

December 2, 2019

1/10
Please reload

Posts Recentes