"A Palavra de Deus para Hoje" 18-06-19

June 18, 2019

         Jesus, no Evangelho de hoje, com o seu Sermão da Montanha, faz uma exigência muito grande em relação ao amor. Diz claramente: "Vós ouvistes o que foi dito: 'Amarás o teu próximo e odiarás o teu inimigo!' Eu, porém, vos digo, amai os vossos inimigos e rezai por aqueles que vos perseguem! Assim vos tornareis filhos do vosso Pai que está nos céus, porque ele faz nascer o sol sobre maus e bons e faz cair chuva sobre justos e injustos. Porque, se amais somente aqueles que vos amam, que recompensa tereis? Os cobradores de impostos não fazem a mesma coisa? E se saudais somente os vossos irmãos, o que fazeis de extraordinário? Os pagãos não fazem a mesma coisa? Portanto, sede perfeitos como o vosso Pai celeste é perfeito".
      Como ouvimos de Jesus, o amor cristão é muito exigente: trata-se de não apenas amar os nossos próximos que são amigos. Devemos amar também os nossos inimigos e os que nos perseguem. A inspiração é o próprio amor de Deus para com todos, sejam eles bons ou maus. Por isso Jesus chega a propor que sejamos perfeitos como o próprio Deus Pai é perfeito.
      O nosso diferencial de cristãos é o amor a todos, inclusive aos nossos inimigos. Se não o fizermos assim, não seremos diferentes dos "cobradores de impostos" e dos "pagãos" de hoje. O amor cristão é universal e sem distinção; contrariamente ao amor pagão que é particular e com distinção?


 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

Campanha 10 Milhões de Estrelas

December 2, 2019

1/10
Please reload

Posts Recentes