• Arquidiocese de Pelotas

"A PALAVRA DE DEUS PARA HOJE" 17-08-18


Alguns fariseus, segundo o Evangelho de hoje, tirado de Mateus, aproximaram-se de Jesus e fizeram-lhe uma pergunta. E a fizeram, escreve Mateus, para tentar Jesus. A pergunta foi: "É permitido ao homem despedir sua esposa por qualquer motivo? "Jesus aproveitou, respondendo à pergunta, para expressar de maneira clara o grande e único desejo de Deus criador em relação ao matrimônio. Ele afirmou: "Nunca lestes que o criador, desde o início, fez a pessoa como homem e mulher? Por isso, o homem deixará pai e mãe e se unirá à sua mulher, e os dois serão uma só carne. Portanto, o que Deus uniu, o homem não separe." Vivemos tempos atuais que colocam em questão o valor do matrimônio como Jesus o expressou. Cada vez mais distancia-se, assim, do grande e único desejo do Deus criador em relação ao matrimônio. Mexe- se naquilo que é fundamental: o amor entre o homem e a mulher como reflexo do amor entre Deus e a humanidade. E mexer nesse fundamental é desestruturar as relações mais profundas, que por sua vez, produz consequências devastadoras. Precisamos urgentemente voltar a acreditar no grande e único desejo do Deus criador em relação ao matrimônio!

+Dom Jacinto Bergmann


  • Facebook ícone social
  • Instagram
  • YouTube