• Arquidiocese de Pelotas

"A PALAVRA DE DEUS PARA HOJE" 19-09-18


Lucas, no Evangelho de hoje, apresenta uma queixa de Jesus de sua gente do seu tempo. A queixa se expressa assim: "Com quem hei de comparar as pessoas dessa geração? Com quem elas se parecem? São como crianças que se sentam nas praças, se dirigem aos colegas, dizendo: "Tocamos flauta para vós e não dançastes; fizemos lamentações e não chorastes!" Pois veio João Batista, que não comia pão e nem bebia vinho, e vós dissestes: "Ele está com os demônios!" Veio o Filho do Homem, que come e bebe, e vós dizeis: "Ele é um comilão e beberrão, amigo dos publicanos e pecadores!" A queixa de Jesus de sua gente do seu tempo vai na linha do fechamento à proposta do Evangelho. Além do fechamento, as pessoas, ainda, ficam cheias de razão com justificativas. Fechar-se ao Evangelho e ainda justificar-se é fechar as portas para a felicidade! As pessoas e os tempos se repetem: quantas pessoas também hoje fecham-se à proposta do Evangelho baseadas em tantas justificativas? Não é por acaso que tantas pessoas são infelizes! Fechar-se ao Evangelho e ainda justificar-se é fechar as portas para a felicidade!

+Dom Jacinto Bergmann


  • Facebook ícone social
  • Instagram
  • YouTube