• Arquidiocese de Pelotas

"A PALAVRA DE DEUS PARA HOJE" 26-10-18


Jesus, no Evangelho de hoje, tirado de Lucas, falando às multidões, faz-lhes um pedido-advertência bem contundente: Que eles tenham um discernimento do que é justo. São suas as palavras: "Quando vedes uma nuvem do ocidente, logo dizeis que vem chuva. E assim acontece. Quando sentis soprar o vento do sul, logo dizeis que vai fazer calor. E assim acontece. Hipócritas! Vós sabeis interpretar o aspecto da terra e do céu. Como é que não sabeis interpretar o tempo presente? Por não julgais por vós mesmos o que é justo?". Vivemos tempos em que cada vez menos as pessoas usam a capacidade do discernimento. A ditadura do relativismo está tomando conta: não mais se discerne o que é justo. Cada um faz a sua verdade, segundo o que lhe apraz. Tudo é relativo. Até Deus e as coisas de Deus são relativas, são segundo a minha forma de ver, de sentir e de agir. É urgente recuperarmos a capacidade de discernir. É urgente tomarmos consciência de que algumas verdades absolutas não desapareceram e nem desaparecem. Deus e a sua justiça não são relativas!

+Dom Jacinto Bergmann


67 visualizações
  • Facebook ícone social
  • Instagram
  • YouTube