• Arquidiocese de Pelotas

PRECISA-SE URGENTEMENTE DE UMA PESSOA

Neste tempo de pandemia, não só mas especialmente, precisa-se urgentemente de uma pessoa que seja "luz do mundo".

Precisa-se de uma pessoa que nasce amparada por um pai e uma mãe que se deixam guiar pela Palavra de Deus;

de uma pessoa que, mesmo numa gruta de propriedade de pastores e entre animais, nasce feliz;

de uma pessoa que, desde o primeiro abrir dos olhos, encontra uma face materna e paterna plena de amor;

de uma pessoa que, tão logo nasce, experimenta nas pessoas que o visitam uma admiração e brilho;

de uma pessoa que, nos seus primeiros dias de vida, causa a adoração de três reis magos vindos de longe;

de uma pessoa que cresce no aconchego do lar aprendendo a vida feita de contemplação, oração e ação;

de uma pessoa que, desde os tenros anos, deixa instruir-se pelas Sagradas Escrituras;

de uma pessoa que aprende com seus pais o compromisso com a comunidade de fé e a consequente participação dos eventos religiosos;

de uma pessoa que, já nos seus anos de adolescência, mostra que é "preciso" ocupar-se de coisas do seu Pai celeste;

de uma pessoa que, na juventude e primeiros anos de adulto, ocupa-se com o trabalho de sustento e serviço, de uma forma autêntica, justa e honesta;

de uma pessoa que inicia sua vida adulta cumprindo a vocação de instaurar o Reino de Deus, deixando-se mergulhar no Espírito e fazendo a experiência de ser "o filho muito amado por Deus";

de uma pessoa que, estando presente num casamento e provendo a falta de vinho para festa, toma consciência de iniciar sinais de salvação do gênero humano;

de uma pessoa que chama e escolhe um grupo de seguidores, os menos capacitados sob o ponto de vista do empreendedorismo, para proporcionar-lhes uma "escola de evangelho" de forma itinerante;

uma pessoa que prega a Palavra de Deus atualizando-a nele mesmo e na sua missão;

de uma pessoa que é “boa-nova aos simples e pequeninos”, com palavras, milagres e gestos transparentes e com autoridade;

de uma pessoa que xinga a todos aqueles que estão presos nas visões errôneas do Criador e das criaturas, cometendo injustiças pessoais, comunitárias, sociais e ecológicas;

de uma pessoa que se indica como o Caminho que leva à direção certa para a felicidade de todos;

de uma pessoa que se propõe a ser a Verdade que assegura a realização total do ser humano;

de uma pessoa que vem para trazer a " vida e a vida em abundância", deixando claro que isso só é possível quando se é como "grão de trigo que morre para dar fruto";

de uma pessoa que, como Caminho, Verdade e Vida, aponta Nele ser a luz para humanidade que "anda nas trevas”;

de uma pessoa que, como “cordeiro levado ao matadouro”, abraça o caminho da cruz em oferta de redenção da humanidade;

de uma pessoa que vence a morte do pecado ressurgindo como “Kyrios” - Senhor da História e do Universo;

de uma pessoa que envia o Espírito do Pai e Dele para a humanidade trocar o "espírito do mundo" pelo "Espírito Santo".

Precisa-se urgentemente dessa pessoa, que é tão humana porque é tão divina!

Precisa-se urgentemente dessa pessoa... e o grandioso é que acontece mais uma vez o seu Natal-Nascimento. Por que então não acolhê-la? Por que então não ser presépio para essa pessoa?



Dom Jacinto Bergmann, Arcebispo Metropolitano da Igreja Católica de Pelotas.

202 visualizações
  • Facebook ícone social
  • Instagram
  • YouTube