• Dom Jacinto Bergmann

“A Palavra de Deus Para Hoje” 11-01-18


Marcos, no trecho do Evangelho de hoje, narra que um leproso chegou perto de Jesus, e de joelhos pediu: “Se queres tens o poder de curar-me”. Jesus, cheio de compaixão, estendeu a mão, tocou nele e disse: “Eu quero: fica curado!” No mesmo instante a lepra desapareceu e ele ficou curado!”

O leproso, que pela legislação de Israel, deveria manter-se distante das outras pessoas e evitar que, com seu contato, fossem por ele contagiadas, ousa chegar perto de Jesus, coloca-se de joelhos e suplica a Jesus que o cure. Diante desse leproso, Jesus se compadece, viola a lei, estende a mão, toca nele e o cura.

Quantos “leprosos” de hoje, marginalizados da convivência humana digna, precisam de discípulos missionários de Cristo, que se compadecem, violem a lei do respeito humano, estendam a mão, toquem neles e os curem.

Precisamos ir ao encontro das periferias existenciais, nos pede o Papa Francisco, cheias dos leprosos de hoje. Quantas feridas precisam ser curadas! Não tenhamos medo da “lepra” humana: ela não contagia; ela liberta!


0 visualização
  • Facebook ícone social
  • Instagram
  • YouTube